Sapatos que aumentam a altura para resolver a distorção

Cerca de 8.000 pessoas na Espanha têm dismetria. A assimetria - assimetria - assimetria nos membros inferiores é caracterizada por ter uma perna mais curta que a outra, chegando a uma diferença de 1 a 2 centímetros entre as duas pernas. Essa diferença pode ser percebida ao arrastar mais uma perna da calça do que a outra, bem como maior desgaste em um dos dois calçados.

A assimetria não é um grande problema, desde que seja corrigida a tempo. Pode ser causado por acidente ou nascimento. Em algumas ocasiões, essa patologia é resolvida pelo próprio corpo, acostumando-se a esse desequilíbrio. Quando a dita dismetria for maior que 1 centímetro, é necessário colocar uma solução para evitar males maiores. Uma vez que esta diferença de comprimento pode causar problemas nas costas, osteoartrite e uma miríade de contraturas musculares.

A Masaltos.com possui uma vasta coleção de sapatos elevadores masculinos que ajudam a corrigir essa diferença de altura (1cm, 2 ou até 3 cm) graças às cunhas ultraleves e anatômicas localizadas no interior do calçado. Essas cunhas, mais o calcanhar convencional, resolvem notavelmente a diferença entre uma perna e outra.

Contamos com profissionais que se encarregam de elaborar e desenhar as cunhas de forma artesanal de acordo com as necessidades de nossos clientes. Caso tenha alguma dismetria, não hesite em contactar a equipa da Masaltos.com e iremos oferecer-lhe um atendimento personalizado através do email info@masaltos.com.

Tênis para elevador

Uma dismetria apanhada a tempo pode ter um impacto benéfico no nosso dia a dia. Este fenômeno nem sempre causa problemas em nossas atividades se for o próprio corpo que o resolve por si mesmo.

A diferença de massa muscular entre uma perna e a outra impossibilita, na maioria das vezes, a prática de esportes de forma saudável e confortável. No longo prazo, uma fratura de tornozelo, pé ou quadril vai causar certos problemas por adotar posições que o paciente vai adotar sem se dar conta, mas que vai fazer com que perca massa muscular.

No caso dos ciclistas, essa dismetria é mais aumentada pelo fato de que, como há mais massa muscular em uma perna, sempre haverá uma das duas que mais sofre, gerando uma sobrecarga na pedalada. Essa dismetria nos membros inferiores (fêmur, tíbia ou fíbula) fará com que as costas sejam consideravelmente afetadas. Para saber realmente em que perna temos essa diferença mais premente, basta saber com que perna se faz o maior esforço ao pedalar.

Antes de passar por uma sala de cirurgia, existem várias alternativas para melhorar o desempenho na prática esportiva, ganhando assim qualidade de vida. Os ténis com elevações da Masaltos.com permitem-lhe reduzir o cansaço e evitar as dores musculares durante o exercício. Em algumas ocasiões, uma elevação externa é geralmente colocada. Porém, esse tipo de solução não é eficaz, pois o pisada não é natural e causa maior escorregamento do pé no pedal.

As palmilhas que são colocadas dentro do calçado desportivo Masaltos.com (até 3 cm) igualam a altura dessa perna mais curta. Se necessário, o departamento técnico da Masaltos.com se encarregaria de reduzir os aumentos de acordo com as necessidades da pessoa.